quarta-feira, 27 de março de 2019

"GRANDE REPORTAGEM EM 2012 - INESQUECÍVEL!"

MUNDIAL DO FUTSAL 2012 NA TAILÂNDIA

por José Gomes Martins - Dezembro de 2012

O filme do último jogo que fez perder as nossas esperança.... Os italianos, com eles, não esteve a sorte mas uma VACA mamuda!
A última viagem do auto carro, para o jogo entre a Portugal e a Itália, que havia transportado a Selecção das Quinas, entre o aeroporto internacional de Banguecoque, Nakhon Ratchasima e Banguecoque.
 Duas horas antes do jogo começaram a surgir os primeiros "tugas", cheios de esperança, pois Portugal tinha vencido a Selecção do Paraguai, dias antes, por três bolas a uma.
Mais "tugas" absolutamente artilhados
Pedro Dias, Director da FPF e Chefe da Delegação da Selecção das Quinas, antes do jogo, apresentava, da bancada VIP, um semblante carregado.
Este senhor "gajo" fotógrafo acreditado, como eu da FIFA, italiano de um "raio que o parta" gozou-me depois da vitória da equipa de seu país... No press room estive para lhe dar um pontapé, numa canela, ao caralho do velho.
Um casal luso tailândês Achiraya, filha Amélia e o Vasco Galante, foram, também apoiar a nossa selecção.
Foram chegando uns e mais outros. Um grupo a fazer turismo na Tailândia
Esta claque, lusitana, bastante numerosa e ruidosa a passear pelo País dos Sorrisos, não deixou o apoio à nossa Selecção por mãos alheias.
Antes do jogo e durante o toque do Hino Nacional a nossa gloriosa, na posição correcta...!!! 
A face do guarda-redes, André de Sousa durante o toque do Hino Nacional
 A claque "tuga" residente, em Banguecoque, reune-se para dar o indispensável apoio à selecção.
Bandeiras pequenas e grandes... não há português, residente, no estrangeiro que não tenha uma gloriosa em casa... Em minha casa há, pelo menos, uma meia-dúzia de vários tamanhos.
Começa a primeira parte do jogo e o guarda-redes, italiano, não teve mãos paradas...Os rapazes das Quinas jogavam endiabrados...
E as entradas à "cavalgadura" não faltaram pela parte da equipa italiana.
E assim o guarda-redes italiando levou o primeiro golo sem espinhas e limpinho, olha para o lado direito a bola pendurada na rede, antes de bater no chão.
 Alegria de Ricardinho e seus colegas abraçados.
 Ou ângulo onde demonstra alegria da primeira "batatada" aos italianos.
E agora mais me pareceu, este abraço, um molho de varas que não vai torcer e partir... Cá dentro de mim: "vamos vencer os italianos...!!!"
Na primeira parte a defesa, das Quinas, mais parece um muro de betão....
 Um jogo lindo, o dos nossos "rapazes" e alta técnica... Veja a seguir o que esta jogada deu.
 E embrulhou, segundo limpinho, o guarda-redes italiano.
Mais uma vez os italianos entraram à brutamontes e maguaram, fortemente, o guarda-redes André de Sousa...
 Uma imagem bonita na defesa das redes das Quinas.
Mas que mal teria feito o André de Sousa... mais uma vez maguado, entre outras antes, pelos italianos...
O André lá conseguiu recuperar-se da violência dos italianos.
Tal pai, tal filho... Embaixador de Portugal, acreditado no Reino da Tailândia Jorge Torres Pereira, junto ao filho Martim, trajando igual, exibindo o seu cachecol, no intervalo do jogo e Portugal a ganhar, com três bolas no "papo" aos italianos.
No intervalo e por que sou um inveterado a fotografar mulheres bonitas, nesta imagem duas belezas tailandesa e uma "bela-dona" italiana.
O Marcos do Vale, funcionário da Embaixada de Portugal em Banguecoque, bem podem continuar os portugueses residentes na Tailândia a te-lo como o "ultra" e chefe da claque tuga. O nosso ultra depois de tanto gritar e incitar a claque tuga perdeu a voz. Porém que ninguém se assuste.... Com um xarope de mel e aguardente de Pera Rocha, está, outra vez para as curvas.,... Venha outra equipa das quinas à Tailândia.
É ver esta e outras imagens a seguir a força TUGA, residente na Tailândia
"Tuga power, estende bandeiras no corrimão da bancada...
Coisa linda... em terras do Reino da Taiândia! Até mereci, em troca do meu disparo, um boneco...
 E levanta o braço o tuga miúdo...
A Mariana, filha de Teresa Matos, diplomata e número 2 da embaixada de Portugal, em Banguecoque, também se juntou à claque "tuga" e num letreiro, que exibe, pede uma bola autografada... Certamente que Pedro Dias, chefe da delegação da Selecção das Quinas lhe ofereceu uma.
O tuga mais novo da claque...muito interessado na vitória. Também eu!
Chatice... quando um "tuga" quer ser grande... Os "grandalhões" nem se lembram dele e colocarem-nos aos ombros...
Também eu esperava pelo V da vitória... Paciência a VACA italiana traiu-nos...
Esta senhora, juiza de linha brasileira, tramou-nos e conseguiu um penalti que nos viria a lixar a vida... Suspeito que esta criatura deveria estar feita com os italianos... Não esteve em Nakhon Ratchasima... ficou por Banguecoque... da parte dos italianos tudo é possível...!!! Se é!
O quarto golo e a vitória  não merecida que ficou no lado errado... Tarde para a Selecção das Quinas recuperar e não tardou o jogo terminar...
Uma fotografia que me comoveu e pouca gente, nas bancadas, teria dado por ela... O atleta Arnaldo, no fim do jogo e com o "amargo" da derrota deitou-se no chão... Saí daquele espaço e fui para o "press room" também abatido... Não merecíamos a derrota...
José Martins