sexta-feira, 23 de novembro de 2018

MACAU – 65 GRANDE PRÉMIO – 2018


2.º dia de corridas - 16 de Novembro de 2018
.
Dedico esta parte e outras que virão à piloto Sophia Florsch, pelo acidente que sofreu na Curva do Hotel Lisboa no último dia da corrida em 18 de Novembro de 2018. Sophia vai voltar a abrir nos circuítos mundiais. Sou fã desta corajosa jovem de 17 anos.   
.
Os arranjos para as corridas do Circuíto da Guia começam muito cedo.A maior parte dos mecânicos e seus assistentes pelas seis horas da manhã estão a trabalhar nas boxes ou na garagem, pública, subterrânea, usada durante as provas para guardar, preparar as "bombas" que irão rodar, algumas, a partir das sete da manhã. 
 .
O hotel onde me hospedei dista da base do circuito cerca de três quilómetros. Seis  e meia parto com mochila às costas duas máquinas fotográficas Nikon e as respectivas lentes para os ângulos e tamanho a obter da imagem. 
  .
Macau, aquela hora, movimenta-se preguiçosamente. Topo no meu caminhar um outro notívago, puxando e rodando uma mala de viagem que, certamente, passou a noite a tentar a sorte nos numerosos casinos. 
 .
 
Caminho na Avenida da Amizade o que se entende as relações, existentes, entre Portugal e a China. Em pouco mais de 30 minutos estou no restaurante do Círcuito da Guia, onde tomo um pequeno-almoço de 5 estrelas e privilégio  do pessoal da imprensa. 
 .
 
Jornalistas, fotojornalistas, operadores de câmaras de televisão, durante o dia não se preocupam com comida e bebida, a organização tomou isso por sua conta... 
 .
 
A minha aparelhagem fotográfica (exclusivamente Nikon) não é de primeira qualidade, mas a mais modesta possível, para um fotografo amador que me considero.
 .
 
Vou fazendo o trabalho conforme os melhores ângulos achados, sem ser desprezado pelos profissionais que me rodeiam, alguns a. operarem com material mais moderno que existe para fazer imagem. 
 .
 
Pode e deve-se considerar o Circuito da Guia uma feira de tecnologia de imagem, onde vamos encontrar, nas operações mais difíceis de obter imagens, com uma mini-zebra, uma câmara de filmar ao alto; um monitor nas mãos e a produzir estupendo e bom trabalho jornalístico. A seguir imagens no segundo dia de provas
Programa do segundo dia de provas
Aquecimento de um Lótus...
Carroceria aerodinâmica e rodavam que se fartavam....
O olhador do guindaste da Curva dos Pescadores, passa pelas brasas, numa paragem da corrida...
Quatro dias de corridas e outros tantos cinzento. Só o último dia se observou uma réstia de sol... 
Segundo dia de corridas, não houveram corridas a sério.... apenas aquecimentos e qualificações.... 
Grande plano do carro do piloto M.Schuacher, filho do campeão com o mesmo nome.
Filho de peixe sabe nadar.....
Autêntica bomba para boas mãos!
FIA WTCR qualificação...
Ultima-se a "bomba" para abrir na pista...
 Abrir em alta velocidade na Curva dos Pescadores...
Os Audi foram estrela...
BMW não deixaram por mãos alheias o seu brilhantismo...
Velocidades incríveis e assustadoras para quem está perto destas máquinas de 4 rodas...



A barreira protectora onde me encontrava e livre de perigo... mas há um carro que lhe bateu de traseira, a uns 250 à horas, que por precaução me mudei para outro sítio...Foi aterrador o estrondo. O carro continuou o seu caminho, mas aleijado de um lado...
Abrirem depois da Curva dos Pescadores...
 Audi puro sangue!
 Voltei aos pits e vi os Fórmula 3 perfilados para o aquecimento na pista...
O pit do carro do filho do famoso pilot....
As atenções viravam-se para o carro do M.Schumacher
Cockpit do carro de Sophia Florsch... Só dois dias depois iria sofrer o acidente na curva do Hotel Lisboa....
O cockpit da bomba de Sophia...
A bomba de Sophia quase no seu todo...
 A bomba de Sophia. Há sempre alguém que para memória futura que uma foto....
A caçadora de autógrafos de celebridades....
Sai um selfie, com o calor de um seu "peitinho", a perturbar a virilidade do jovem piloto de fórmula 3
E a menina, de caneta de tinta branca na mão, continuava na sua caçada a autógrafos...
Mas a bela, trazia com ela uma amiga para registrar o acontecimento....
O selfie da praxe....
E.... como não poderia de ser no calor da sua maminha, tumba catrapumba no jovem menino piloto....depois digam que elas, as meninas, também gostam  de conquistar 
 Não há idade para piloto....aqui está um cinquentão com uma máquina artilhada....
 A caça ao autógrafo foi facto constante...Praguejei contra os telefones móveis que me atrapalhavam o bom trabalho...Chamei-lhe praga!!!
O Honda de André Couto que viria a ser feliz... Alguém lhe dei um toque na parte de trás do carro...
O capacete do André em cima do carro....
André correu por Macau...
André quase pronto. Amigos vão dar-lhe alento.... André Couto é o piloto que melhor conhece o Circuíto da Guia onde ganhou várias provas...
O filho,falecido, Afonso de André, está sempre com ele nas corridas...  Tem sido sua inspiração depois de uma luta contra a leucemia que não conseguiu vencer...
André com a protecção de amianto na cabeça
Pronto para entrar no cockpit 
Cockpit.....
Bora,bora....
Regresso à boxe.....
Tiago Monteiro, convidado da organização, não correu. No restaurante da imprensa conversa com um amigo.
Texto e imagens de José Martins