segunda-feira, 22 de janeiro de 2018

RECITAL DE PIANO POR VASCO DANTAS EM BANGUECOQUE

A Embaixada de Portugal e o Centro Cultural Português Camões teve a honra de apresentar um recital de piano de grande qualidade executada pelo pianista português Vasco Dantas que no nosso ponto de vista foi o melhor, entre tantos, patrocinados pela Embaixada de Portgal, em Banguecoque,  o melhor. 
O evento, organizado pelo Centro Cultural Português Camões e a Embaixada de Portugal,em colaboração com o Instituto de Música Princess Galyani Vadhana, tem o apoio do Camões, Instituto da Cooperação e da Língua No principio da noite de 18 de Janeiro a sala Sangita Vadhana Hall – Princesa Galyani Vadhana Institute of Music encheu-se com personalidades ligadas à músca, artes, diplomacia e onde não faltou, parte, da comunidade lusa residente na capital da Tailandia.
.
Currículo de Vasco Dantas

Vasco Dantas, pianista português nascido em 1992 completou a Licenciatura em Música com “1ª classe & distinção” no London Royal College of Music, sob a orientação do professor russo Dmitri Alexeev e do professor sul-africano Niel Immelman. Terminou recentemente o Mestrado em Performance com nota máxima (1,0) sob a orientação do professor alemão Heribert Koch, na Universidade de Münster (Alemanha) onde foi aceite para uma pós-graduação "Konzertexamen". 

Vasco já obteve mais de 50 prémios e distinções em concursos internacionais destacando-se o “Grand Prix” no “Valletta International Piano Competition” (Malta), o “Prix Spécial” no “Concours International de Piano Son Altesse Royale La Princesse Lalla Meryem” (Marrocos), a “Medalha de Mérito Dourada” atribuída pela Câmara Municipal de Matosinhos, “Prémio Casa da Música 2009”, “Prémio Melhor Português” no Concurso Internacional de Viseu, “Prémio Antena 2 2013”, o 3º Prémio no Concurso “Münster Steinway & Sons” (Alemanha), o prémio “Esther Fisher Prize” (melhor aluno de licenciatura do London Royal College of Music na Chappell Medal Competition 2013), “Prémio Fundação Eng. António de Almeida”, “Prémio Henry Wood Trust 2011 e 2012”, “Prémio Bolsa Fundação e Círculo Richard Wagner Portugal”.

Em 2015 estreou-se no continente asiático tocando a solo com a Hong Kong Symphonia no Hong Kong City Hall Concert Hall; Em 2014 estreou-se no continente americano tocando a solo com a Orquestra Sinfónica do Espírito Santo, em Vitória – Brasil; Em 2013 estreou-se no continente europeu com a Orquestra Sinfónica do Porto. Em 2011 fez a sua estreia como pianista solista, na famosa “Sala Suggia” da Casa da Música, com o recital de abertura do Ciclo de Piano EDP 2011.

Tocou também a solo com orquestras, tais como Hong Kong Symphonia (China), Orquestra Sinfónica do Estado do Espírito Santo (Brasil), Jülich Sinfonieorchester e Junges Sinfonieorchester Aachen (Alemanha), Orquestra Sinfónica do Porto, Orquestra do Norte, Orquestra Sinfónica de Cascais, Orquestra Clássica do Sul e Orquestra Filarmónica das Beiras (Portugal) e já teve a oportunidade de trabalhar com maestros de renome, tais como, Choi Sown Le, Dinis Sousa, Günter Neuhold, Martin André, Nicholas Kok, Nikolay Lalov, Pedro Neves, Peter Sauerwein, Rui Pinheiro e Victor Hugo Toro.
Já participou cursos de aperfeiçoamento de piano e violino com professores conceituados, tais como, Paul Badura-Skoda, Boris Berman, Peter Donohoe, Luiz de Moura Castro, Álvaro Teixeira Lopes, Pedro Burmester, Ian Jones, John Lill, Cristina Ortiz, Fausto Neves, Phillipe Cassard, Andrew Ball, Yuri Bogdanov, Betty Haag-Kuhnke, Sergei Covalenco, entre outros. Foi diversas vezes aconselhado pelos Maestros Ivo Cruz e Martin André.

Já tocou ou foi entrevistado pelo New York Times, Düren Zeitung, Aachen Zeitung, RTP1, Antena 1, Antena 2, Porto Canal, Jornal de Letras, Jornal de Notícias, Jornal Maia Hoje, Jornal de Matosinhos, Expressing Music e Revista DaCapo. Gravou por duas vezes em CD a convite da Rádio Galega, e outras duas para a editora KNS Classical com quem lançou já dois discos a solo: “Promenade” (2015) e Golden Liszt (2016), que estão disponíveis online e foram recentemente transmitidos pela Antena 2 (Portugal) e as rádios alemãs MDR Klassik e WDR 3.
O programa do recital
A entrada para Sangita Vadhana Hall – Princesa Galyani Vadhana Institute of Music
Aos convidados foi oferecido doces portugueses deixados  na Taiândia há séculos. Fio de ovos (foitong e o tongyon).
Convidados chegam e o embaixador Francisco Vaz Patto também no carro, oficial, da embaixada. com a bandeira das quinas..
Simpaticamente uma funcionária indica o caminho para a sala Sangita Vadhana Hall
A fotografia de família de personalidades junto ao embaixador Vaz Patto e o Dr. Kevin Collary
Antes do recital ter início embaixador Vaz Patto vai cumprimentando os convidados e uns minutos de conversa...
A sala cheia. Embaixador de Timor-Leste, Joaquim Amaral inteira-se do programa....
Embaixador Vaz Patto junto à Presidente do Princess Galyani Vadhana Institute of Music, Khunying Wongchan Phinainitisatra
Dois jovens apresentam Vasco Dantas à plateia na língua inglesa e tailandesa...
Presidente do Princess Galyani Vadhana Institute of Music, Khunying Wongchan Phinainitisatra no uso da palavra antes do recital
Vasco Dantas dirige-se ao público que o vai escutar....
Vasco Dantas inicia o recital que viria a maravilhar todos os que o ouviram o som das teclas por ele dedilhadas...
O primeiro trecho e Vasco Dantas ouve largos aplausos....
Aplausos prolongados....
No intervalo, embaixador Vaz Patto conversa com portugueses....
Embaixador de Timor-Leste (lado direito visto de frente) uma presença, constante, nos eventos levados a cabo pela Embaixada de Portugal...
Vasco Dantas finalizou o recital e ouve demorados aplauso. Retirou-se, mas voltaria para tocar mais um trecho de seu vasto reportório
Embaixador Vaz Patto oferece um ramo de flores a Vasco Dantas
Aplausos demorados.....
Embaixador Vaz Patto oferece flores à Presidente do Princess Galyani Vadhana Institute of Music, Khunying Wongchan Phinainitisatra
Aplausos prolongados...
Khunying Wongchan Phinainitisatra oferece um presente a Embaixador Vaz Patto, peças finas da cerâmica tailandesa...
Embaixador Vaz Patto, mostra à plateia o presente que acaba de receber...
Os continuados aplausos do público.....
Finalizada a cerimônia de um recital fantástico executado pelo pianista português Vasco Dantas
Fotos e texos de José Martins