quarta-feira, 11 de setembro de 2013

EUNIC - BIBLIOBUS ( BIBLIOTECA AMBULANTE) - LER É DIVERTIDO

.
Hoje, 11 de Setembro de 2013, "Eunic Thailand" em parceria com os Estados-Membros da União Europa, lançou, no Instituto Alemão Goethe, em Banguecoque,  a ´Biblioteca Ambulante´, instalada dentro de um camião, de carroçaria fechada e ar-condiconado onde no interior existe, nas prateleiras, literatura, própria para crianças da escola primária, de autores da União Europeia. Portugal contribuiu com dois contos de Sophia de Mello Breyner Andersen: "Menina do Mar" e ´Fada Oriana´cujas as histórias, no jardim do Instituto Goethe, foram contadas a um grupo de crianças sentadas na relva do jardim
Um dos vários cartazes exposto no jardim da instituição cultural alemã
A viatura, biblioteca ambulante, oferecida pela União Europeia e Bangkok Metropolitano.
O mascote (um elefante) de "Bangkok Capital do Mundo do Livro 2013"
Mais um dos cartazes expostos onde se pode verificar em um  a Bandeira das Quinas
Dois mascotes de diferentes cores. Normalmente, em todos os eventos culturais ou desportivos a Tailândia apresenta, como mascotes, elefantes que em verdade neste Reino continua, desde há séculos, uma parte da cultura tailandesa.
Em quatro camiões, bibliotecas ambulantes chegam ao jardim do Instituto Goethe dezenas de crianças, da primária, disciplinadamente, atrás da professora.
As crianças sentam-se na relva do jardim e dentro de pouco tempo vão ouvir e divertirem-se da narração de contos de autores da Europa.
Luisa Dutra, Adida Cultural e Leitora, a representar o embaixador de Portugal, acreditado no Reino da Tailândia, junto a suas duas alunas de Português a Nid, a seu lado esquerdo e a Jib ao lado direito.
As individualidades tailandesas e de países membros da União Europeia, à inauguração da "Biblioteca Ambulante. Entre elas a presença do Dr. Vallop Suwandee, Chairman of Adviser to Governor de Bangkok (3º a contar da esquerdo), Dr. Norbert Spitz, Director do Instituto Goethe (2º a contar da esquerda), Luisa Dutra, outras individualidades de relevo presentes à inauguração.
Alunas de Português a Nid e a Jib transmitem, às crianças de escola primária os contos da Sophia de Mello Breyner Andersen a "Menina do Mar" e a ´Fada Oriana´.
Nós registamos a alegria da "pequenada" ao ouvir os contos portugueses de Sophia de Mello Breyner... Imagem de uma beleza, impar, extraordinária.
Entre a "pequenada" do jardim houve um concurso que foi as crianças distiguiram a que país pertencia a bandeira projectada num pano branco... Logo a voz de uma criança, de uns 6 anitos, grita lá do fundo "portuguet". A professora que ordenava o concurso disse: (em tailândês) certo! E deu como prémio um carro, brinquedo/fechado, de marca alemã conhecida.
Além de contos, para a miudagem, houve exibição de marionetas. Espectáculo de grande beleza e arte...
O boneco, canta, bates nas teclas e sai som de piano e canção...
Terminado o "show" o boneco sem vida tomba a cabeça no tampo da mesa...
O interior do camião/biblioteca, ainda não inaugurado, já a criançada lê, confortavelmente, os contos de autores da União Europeia. Na Tailândia as pessoas de todas as idades têm apetência para a leitura. Prova o que afirmamos que ao visitarmos uma livraria encontramos inúmeras pessoas, sentadas no chão a ler. As livrarias facultam o abrir livros, ou revistas e lê-las. Só obras, raras, são embrulhadas em plástico que é a recomendação para as não abrirem.
As estantes dentro no camião biblioteca. Bem visível a bandeira portuguesa.
A cerimónia do cortar a fita
Fita cortada  e o camião irá rodar e não tardará....
Dr. Vallop Suwandee, em representação do Governador da Cidade de Banguecoque, depois de visitar o interior da viatura, ofereceu-nos uma saudação. Individualidade, extremamente, simpática a quem lhe pedimos um cartão visita para designarmos seu nome nesta peça
E assim terminou a cerimónia com esta  foto de família